fbpx

 

| (19) 4040-4769 |

Acessar
Cadastrar


 

Ação casa a casa da Prefeitura de Hortolândia busca elimina criadouros de Aedes aegypti Decom Prefeitura de Hortolândia

Ação casa a casa da Prefeitura de Hortolândia busca elimina criadouros de Aedes aegypti

Ação será nesta semana no Jd. São Pedro, Jd. Nossa Senhora de Fátima, Jd. Residencial Firenze e Taquara Branca

Você sabia que Hortolândia já inaugurou dois novos PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis), localizados no Jardim São Sebastião e Jardim Nova Alvorada? Fazer o descarte correto de resíduos nos PEVs é uma das ações que ajuda a evitar a proliferação do Aedes aegypti, o mosquito transmissor de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya. A Prefeitura de Hortolândia continua a fazer a parte dela no combate ao inseto em diferentes regiões da cidade. Nesta semana, a UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses) realiza a ação casa a casa em quatro regiões: Jardim São Pedro, Jd. Nossa Senhora de Fátima, Jardim Residencial Firenze e Taquara Branca.

É importante fazer o descarte correto de recicláveis, tais como garrafas PET e embalagens plásticas, pois evita que esses objetos acumulem água parada oriunda de chuva. A fêmea do Aedes aegypti deposita ovos em água parada, que darão origem a mais mosquitos. Portanto, é necessário que a população faça sua parte e descarte esses materiais nos PEVs para evitar o ciclo de reprodução do mosquito.

A ação casa a casa consiste em visitas dos agentes da UVZ nas residências para fazer a busca ativa e a eliminação de possíveis criadouros do Aedes aegypti. O objetivo é eliminar o inseto ainda na fase larval. Caso sejam encontradas larvas, algumas delas são recolhidas para identificação em laboratório. De acordo com o órgão, cerca de 80% dos focos estão nas casas das pessoas.

O órgão reforça a orientação para os moradores averiguarem quintais e áreas externas das suas casas após a ocorrência de chuva forte para evitar o acúmulo de água parada. A população deve recolher objetos que possam acumular a água de chuva e manter tampados tonéis, barris e caixas d’água.

A UVZ também recomenda que pessoas que residam em casas com laje exposta sem teto também devem verificar se houve acúmulo de água da chuva na laje e façam a retirada da água com o uso de rodo. O veterinário da UVZ, Evandro alves cardoso, ressalta que esta época do ano é caracterizada pelo aumento na quantidade de chuvas e da temperatura. Estas duas condições são favoráveis para a reprodução do Aedes aegypti.

Com os dois novos PEVs, inaugurados na semana passada, Hortolândia conta agora com 13 PEVs, localizados em diferentes regiões da cidade. Os moradores podem consultar qual é o PEV mais perto de onde mora na lista que está disponível no site da Prefeitura.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, o município registra neste ano 508 casos positivos de Dengue e 3 de Chikungunya.

Fonte: Decom Prefeitura de Hortolândia

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.