fbpx

 

| (19) 4040-4769 |

Acessar
Cadastrar


 

Prefeitura utiliza arte para ensinar alimentação saudável a estudantes da rede municipal de Hortolândia Decom Prefeitura de Hortolândia

Prefeitura utiliza arte para ensinar alimentação saudável a estudantes da rede municipal de Hortolândia

Atividades realizadas na Cozinha Escola Comunitária levaram música, desenho e contação de história a alunos da Emeief Leni P. Prata

Alimentação saudável, equilibrada e gostosa, também se aprende na escola? Sim, e de maneira divertida. Esta é a proposta da Prefeitura de Hortolândia, que, nesta segunda e terça-feira (25 e 26/10), levou cerca de 50 estudantes da Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Leni Pereira Prata para uma aula diferente, além dos muros da escola, na Cozinha Escola Comunitária, órgão da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, que também fica no Jardim Novo Ângulo, próximo à unidade escolar.

Para manter o distanciamento e respeitar as medidas sanitárias vigentes durante a pandemia do Coronavírus, as 11 turmas de Educação Infantil, do Jardim 1 e 2, foram divididas em três horários, pela manhã e à tarde, nos dois dias. A aula foi conduzida pelo nutricionista Marlon Araújo Zanardi, do Departamento de Segurança Alimentar, Nutricional e Abastecimento, com o apoio da contadora de histórias e coordenadora pedagógica do Centro de Formação dos Profissionais em Educação “Paulo Freire”, Solange Cachimiro Ferreira de Biazzio, a Sol.

A partir da contação do livro “Mamão, melancia, tecido e poesia”, escrito por Fábio Sombra e ilustrado a partir de bordados de Sabina Sombra, a dupla apresentou à plateia charadas em forma de poesia, para que os pequenos adivinhassem a que frutas se referiam. “Tem da branca e da vermelha/ (só de ver a gente baba)/ Da sua polpa faz-se um doce/ Que, com queijo, sempre acaba/ Em famosa sobremesa./ Esta fruta é a …/ GOIABA”, traz o livro, nas páginas 20 e 21.

Deste modo, usando de maneira lúdica múltiplas expressões artísticas, como música, pintura e contação de histórias, esperam ajudar a melhorar os hábitos alimentares dos estudantes, estimulando o consumo de frutas e outros alimentos in natura, servidos pela Administração Municipal na merenda escolar. A ideia é, em breve, levar as atividades a outras escolas da rede municipal.

“Estamos felizes com a possibilidade de desenvolver atividades presenciais com as crianças nesse retorno, principalmente nessa faixa etária de Emei (Escola Municipal de Educação Infantil), em que a interação e o jogo lúdico ficam muito mais vivos. É uma atividade que fica no escopo de educação alimentar, visando esse desenvolvimento de uma cultura de alimentação saudável desde a infância”, afirmou a diretora do Departamento de Segurança Alimentar, Alessandra Sarto.

“Foi um momento muito produtivo e de alegria, porque as crianças puderam visitar a Cozinha Comunitária e aprender mais sobre alimentação saudável através das atividades elaboradas pelo nutricionista. Elas brincaram, interagiram através da musicalização, realizaram pinturas e algumas até mesmo descobriram, no dia de hoje, frutas que não conheciam”, comentou a coordenadora pedagógica Daiane Santos, da Emeief Leni Pereira Prata.

Fonte: Decom Prefeitura de Hortolândia

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.