fbpx

 

| (19) 4040-4769 |

Acessar
Cadastrar


 

Programa “Agentes de Desenvolvimento” da Prefeitura identifica que mais de 70% dos comerciantes do Jd. Amanda estão formalizados Decom Prefeitura de Hortolândia

Programa “Agentes de Desenvolvimento” da Prefeitura identifica que mais de 70% dos comerciantes do Jd. Amanda estão formalizados

O programa ainda apontou que o segmento com o maior número de estabelecimentos na região é o de bares e lanchonetes

Mais de 70% dos lojistas do Jardim Amanda são formalizados. Este é o resultado do programa “Agentes de Desenvolvimento” que a Prefeitura de Hortolândia realiza na região, a mais populosa da cidade. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, foram visitados 374 estabelecimentos comerciais e de serviços. Destes, 72% (267) estão com a situação regularizada.

O programa foi lançado em setembro deste ano pelo prefeito José Nazareno Zezé Gomes. O objetivo é fomentar o comércio local e aproximar o Poder Público Municipal dos empreendedores locais. A ação consiste em visitas feitas aos estabelecimentos por uma equipe de 10 agentes, identificados com camisetas alusivas ao programa. Nas visitas, os agentes orientam e esclarecem dúvidas dos lojistas sobre temas relacionados ao seu negócio. “Os agentes também acolhem demandas e reclamações dos comerciantes e as encaminham para as respectivas secretarias municipais”, salienta a coordenadora do projeto, Hillary Parnissolo.

A coordenadora ainda destaca que o programa tem um caráter censitário, uma vez que possibilitará à Prefeitura descobrir a quantidade de estabelecimentos na cidade, entre outras informações importantes. A partir da coleta desses dados, a Prefeitura poderá definir e traçar estratégias e ações específicas para cada região da cidade.

Para a coordenadora, a situação verificada entre os comerciantes do bairro surpreendeu positivamente. Em virtude das dificuldades causadas pela pandemia do Coronavírus na economia, a coordenadora explica que a expectativa era encontrar um grande número de lojistas em situação irregular. De acordo com o levantamento feito pelo programa, 107 estabelecimentos visitados na região não são formalizados. “Para os lojistas que estão nessa situação, oferecemos apoio e orientação para formalizarem seus negócios na Casa do Empreendedor, órgão da Prefeitura localizado no HORTOFÁCIL”, explica a coordenadora.

O programa ainda apontou que o segmento com o maior número de estabelecimentos na região é o de bares e lanchonetes. De acordo com o levantamento, foram identificados 74 estabelecimentos dessa categoria. Na 2ª posição ficou o segmento de salão de beleza, com 66 estabelecimentos. De acordo com a coordenadora, só falta realizar as visitas aos comerciantes da avenida Brasil, principal via do Jardim Amanda, para o programa concluir o trabalho na região. Em paralelo, o programa iniciou, na semana passada, as visitas aos estabelecimentos na região central da cidade. Em seguida, o programa irá percorrer as lojas do Jardim Rosolém.

Fonte: Decom Prefeitura de Hortolândia

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.