fbpx

 

| (19) 4040-4769 |

 

Prefeitura continua com ação de casa a casa de busca e eliminação do Aedes aegypti DECOM Prefeitura de Hortolândia

Prefeitura continua com ação de casa a casa de busca e eliminação do Aedes aegypti

Mesmo no inverno é preciso manter os cuidados para evitar a proliferação do Aedes aegypti, transmissor de Dengue, Chikungunya e Zika. A Prefeitura de Hortolândia prossegue com a ação casa a casa de busca e eliminação do mosquito. Nesta semana, a UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, executa o trabalho nas regiões do Jardim São Felipe e Jardim Terras de Santa Maria.

O veterinário do órgão, Evandro Alves Cardoso, explica que nesta época do ano o mosquito continua a circular, mas em menor quantidade. O Aedes aegypti continua ativo durante o dia, período em que a temperatura é mais quente e, portanto, propícia para sua circulação e reprodução. A fêmea do inseto deposito os ovos em água parada. Portanto, a UVZ orienta a população a se manter atenta e ajudar no combate ao mosquito. Dentre os cuidados estão manter tampados tonéis, barris e caixas d’água, colocar telas em ralos e mantê-los limpos, deixar garrafas com a boca virada para baixo e encher os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda. De acordo com o órgão, cerca de 80% dos focos estão nas casas das pessoas.

A ação casa a casa consiste na visita dos agentes da UVZ às casas dos moradores para fazer a busca ativa e a eliminação de possíveis criadouros do Aedes aegypti. O objetivo é eliminar o mosquito ainda na fase larval. Caso sejam encontradas larvas, algumas delas são recolhidas para identificação em laboratório.

A Prefeitura de Hortolândia solicita para que os moradores permitam a entrada dos agentes em suas residências. Os agentes estão identificados com crachá e uniforme. A Prefeitura ainda orienta a população a ficar atenta contra golpes. Nas visitas, os agentes não solicitam nenhum dado bancário ou informação pessoal dos moradores. A ação consiste somente na identificação e eliminação de criadouros do mosquito. Em caso de dúvidas, para saber em quais regiões da cidade será realizada a ação de casa a casa, a população pode ligar na própria UVZ nos telefones (19) 3897-3312 ou (19) 3897-5974.

É importante a população fazer sua parte para ajudar a Prefeitura a manter o Índice de Breteau baixo no município. O índice mede a quantidade de larvas do mosquito Aedes aegypti encontrados na cidade. No mês passado, o índice medido pela UVZ na cidade foi de 1, considerado baixo. O índice é o resultado da ADL (Análise de Densidade Larvária) que o órgão realizou no município. O índice é dividido em três escalas: de 0 a 1 é considerado baixo; de 1 a 4, médio; e acima de 4, alto.

PEVs

Outra atitude positiva que os moradores devem adotar no combate ao Aedes aegypti é evitar o descarte irregular de resíduos em vias e áreas públicas e em terrenos baldios. A Prefeitura reforça a orientação para que a população faça o descarte correto de resíduos e materiais reaproveitáveis nos 11 PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) existentes na cidade. Em breve, a Administração Municipal inaugurará mais dois PEVs no município. A lista dos PEVs está disponível no site da Prefeitura.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, o município registra neste ano 1.101 casos notificados de Dengue, dos quais 488 positivos, 586 negativos, 27 aguardam resultado e nenhum óbito. Já de Chikungunya, são 4 casos notificados, dos quais 2 positivos, 2 negativos e nenhum óbito.

Fonte: DECOM Prefeitura de Hortolândia

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.